quinta-feira, 18 de março de 2010

CONSUMAÇÃO

Vou te consumir até você ficar exausto
Até sumir qualquer rastro de dor, pavor, chaga, medo
inquietude
teor de misturas não identificadas
Mas já aviso:
não é claustro
É liberdade anunciada

14 comentários:

Geraldo de Barros disse...

Nossa que lindo, tava com saudade dos seus poemas, que encanto!

=)

Uili Bergamin disse...

Liberdade anunciada!!
É tudo que não se tem mais, ou tivemos nunca...
Belo poema.
Parabéns!

Aroeira disse...

mistério sempre há de pintar por aí...

Hamilton H. Kubo disse...

Liberdade anunciada
Que permanecia calada
Ate que a inquietude
Da vontade ja consumida
Se fez voz e gritou aos quatro cantos sobre o amor recolhido

Gostei muito daqui!
Através do Liquidificador a Gás venho te seguir.

=D

NaNa Caê disse...

O alimento libertador.

Carlos Howes disse...

Seguindo teu blip.fm, caí neste espaço, e me identifiquei bastante com tuas palavras.

Que liberdade maior pode-se haver do que a consumação daquilo que almejamos?

Parabéns pelos teus escritos, vejo que os faz com talento.

=)

Carlos Eduardo Leal disse...

Sofia,
A liberdade anunciada é um "achado precioso". Em geral quando anunciamos a liberdade ficamos com medo de perdê-la. Lindo poema!!! Denso, magistral,
bjs
Carlos Eduardo
veredaspulsionais.blogspot.com

santa mistura disse...

sofia querida vc tem que se inscrever no mailing do blog da kite é lá que estou postando agora, não tenho mais tempo pro santamistura ;o(( mas super obrigada pela visita lá no santa, é como minha casa de veraneio rsrsrs bjsssss

Sofia Fada disse...

Santamistura, qual é o endereço do blog da Kite?
rs

Paulo Tamburro disse...

SERÁ QUE A MÃE DO JOÃO E DO GABRIEL, PODERIA DAR UMA PASSADINHA NO MEU BLOG DE HUMOR,

"HUMOR EM TEXTO"?

AÍ JOÃO E GABRIAL DÁ UMA FORÇA NA MÃEZONA PARA ELA NÃO ESQUECER.

COMBINADO? (RS)

UM ABRAÇÃO CARIOCA

Bel disse...

Saudade é ausência ou presença?
Sinto saudades apesar de perceber que a liberdade anunciada pode ter te levado pra outras formas de relacionamentos, não é?
De toda forma ... há saudades!
Muitos beijos, Sofia,

Bel.

Sofia Fada disse...

Oi Bel, quantas saudades! Estou distante daqui mas preparando muitas surpresas!
Vou te responder a pergunta com uma frase do Fabrício Carpinejar: 'liberdade é ter um amor para se prender'...
Mais tarde passo lá no seu cantinho!
bjo

marcos assis disse...

"e tá consumado... tá consumido..." lalala

Kelli Pedroso disse...

Adorei! Parabéns!