sábado, 12 de julho de 2008

AFINAL

Tudo bem, eu posso até não gostar de batom ou maquiagem,
escova nos cabelos, coisa e tal.
Admito: minhas curvas, meus cachos,
minha boca carnuda são melhores ao natural.
Tudo bem, eu posso até não suportar frescuras, pormenores,
securas ou excessos, manhas, artimanhas e gestos ensaiados.
Acho até que em outra encarnação nasci macho escrachado.
Desses que escolhem a mulher pelo brilho dos olhos
pra depois pegá-la de jeito,
sem nunca antes ou depois discutir a relação.
Tudo bem, eu odeio modelos,
perfis fabricados, regras e firulas.
Às vezes pintam pra mim,
mas nunca me enquadro em tal figura.
Mas também tenho meus luxos.
Uma roupa nova, um sapato de salto, uma bolsa da moda, um brilho de paetê. Um banho quente, uma corrente de semente, um perfume secreto que só se cheira em mim.
Eu posso até matar a barata sem dar chiliques,
mas nem por isso escondo meus medos. O fato de comer frango com as mãos não dispensa o lençol de seda de uma noite especial.

Afinal, se divido as contas com você, isso não quer dizer que não espere flores ao final.

3 comentários:

Bel disse...

Olá Sofia,
Vim movida pela tua delicadeza.
Vim ler tua poética escrita crítica e me encantei com teu mundo em letras. Como tu...adoro encontrar as palavras que estão em mim ... adoro amontoá-las pra me fazer valer, sabe? Sei que sabes. Virei mais vezes ... espero que voltes também.
Um beijo,
Bel.

Denis disse...

Olá, Sofia!

Gostei também dessa poesia. O sentido dela, em muitos versos, vai muito além da superficialidade das coisas; gosto disso em uma poesia. Eu também não gosto da superficialidade das coisas nem das pessoas; também não gosto de modelos; elas são muito superficiais e ocas por dentro. A verdadeira beleza está dentro de cada um de nós.
Um abraço!

Sofia Fada disse...

Oi Denis, não era bem dessas modelos (pessoas que desfilam e tiram fotografias profissionalmente) que eu estava querendo falar. Não tenho nada contra elas e sim contra formas/regras que a sociedade cria e a maioria copia e imita.
Mas valeu pela visita e comentário.